sexta-feira, 3 de julho de 2015

Bateu com a cabeça?

Os pequenos têm muitos acidentes. É normal e faz parte do desenvolvimento. Lembro-me de ter alguma vergonha por tantos hematomas que a minha Joana costumava ter na testa. Mal sarava de um, já voltava a bater contra uma porta, mesa, ou cair em quanto brincava.
Como toda mãe eu fico alerta mas sem impedir que brinque. Cheguei mesmo a comprar um capacete para brincar em casa.
Eu tive um professor de Neurologia que dizia, que toda criança deveria usar um capacete nos primeiros 3 anos de vida. Agora sendo mãe, realmente entendo o porque.

Quando devemos realmente nos preocupar? Quando é caso de ir as urgências médicas?

Quando a criança bate com cabeça devemos estar alerta por 24 horas e manter atenção até pelo menos as próximas 72 horas.
Qualquer sintoma ou mesmo um comportamento fora do normal, é caso de ir ao médico

Pode dormir depois de bater com a cabeça? Pode!
O ideal é estar acordado, para observarmos melhor alguma alteração de comportamento, muitas vezes dormir ajuda a acalmar do susto.   Deve ser despertado nos primeiros 20 minutos, de forma leve, apenas para comprovar a resposta normal. E depois a cada 2 horas.
Depois de bater com a cabeça ele pode e deve continuar com suas atividades normais. Ou seja, comer, dormir, brincar.

Golpe com corte e ferida
Quando a criança sangra, temos que verificar se há corpos estranhos na ferida, e/ou se os ossos cedem com o toque. Nesses casos, não faça nada. Acalme o máximo que puder o menino enquanto o leva para as urgências.
Se é penas um corte, lave em água corrente,  sem agitar ainda mais o pequeno, e a seguir mantenha uma leve pressão sobre a ferida com uma gaze, ou um pano limpo de forma a parar a hemorragia.
Aplique a seguir gelo envolvido em pano
Se a ferida for grande e/ou profunda, pode precisar de sutura (pontos) por isso tente ir às urgências antes das próximas 4 horas.

Fez um "galo"
Neste caso é normal sentir dor de cabeça.
Primeiro observe e tenha certeza de que é apenas um galo. A seguir aplique gelo (ou o que tenha no congelador) envolto em um pano.
Evite dar analgésicos, mas se o fizer, lembre-se de usar a dose infantil prescrita pelo vosso pediatra para essas situações.
Observe se o galo aumenta ou mesmo se fica mole. Este é um caso de urgência hospitalar.

"Roxo" sem ferida
Neste caso, tal como no anterior,  devemos aplicar gelo e o tal analgésico que o seu pediatra indicou.

Mantenha a observação, e se vemos que o roxo e a dor não diminuem, pelo contrário, se aumentam, é caso de urgência.

Concussão Cerebral
Depois de bater a cabeça é possível que haja perda da consciência ou da memória, as vezes por poucos segundos.

Pode causar tonturas, sonolência, vômitos, dores de cabeça, irritabilidade.
Mesmo que a inconsciência dure pouco, a criança deve ser vista pelo médico para descartar a presença de alguma lesão interna. Algumas vezes é preciso até uma cirurgia de urgência. Por isso não deixe passar o tempo.

Ligue para as urgências quando:
Sair sangue pelo ouvido ou nariz, mesmo sem o golpe ter sido nestas zonas.
Os olhos estão roxos.
Há um grande hematoma ou um galo em outra zona que não a que sofreu a pancada.
Os ossos da cabeça cedem com toque.
Tem vômitos com sangue.
A Criança está desorientada e não fala bem.

Observe
Ele está sonolento? Vomita? Está irritado? Tem algum sintoma de concussão cerebral? As pupilas estão do mesmo tamanho (simétricas)? Convulsão?
Ligue para as urgências.
Normalmente nas urgências vos indicam para aplicar frio, gelo, sem apertar sobre a lesão.
E "supostamente" vos indicarão se é caso para uma ambulância, ou onde vocês devem ir.
Mantenham a calma e decorem esss dicas de ouro. ;)


2 3 4 5 6 7

Postagens populares