Mostrando postagens com marcador Educando para a vida. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Educando para a vida. Mostrar todas as postagens

Quem você quer ser quando crescer?


Quem você quer ser quando crescer? Ou o que você quer ter quando crescer? Qual a sua questão nessa vida?

Assiste o vídeo...



Criança MENTIROSA


Conheço uma criança que mente muito, o que eu faço? ASSISTA O VÍDEO!!! Por Dra. Stephanie de Matos #maedefamilia #stephaniematos www.maedefamilia.pt



Birra ou transtorno

Birra ou transtorno no desenvolvimento? será autismo? todas as crianças são assim? no vídeo eu menciono este link do Lua de Mel 👉🏽 https://youtu.be/45nWfpCILw8 Assista o vídeo...



Meu corpo, meus filhos, minhas regras?

 

Sabe quando você se da conta que está mais preocupada com o que os outros pensam, do que com o que teus filhos precisam???

Assista o vídeo...


Tédio é para os sem imaginação!


Tédio é para os sem imaginação!

Parece que hoje em dia, deixar seu filho um pouco sem fazer nada, é ser negligente.

"Oh mãe, eu não tenho nada para fazer"

E o que os pais fazem? Inventam! Se preocupam em criar atividades, encontrar um bom filme na internet, se sentem culpados por não terem nada "interessante e divertido" para fazer.

Existem frases que tantas vezes ditas, parecem sabedoria, mas não são! Quem nunca ouviu a famosa: "Mente desocupada é oficina do diabo"?

Não é bíblico, na verdade, Jesus diria o contrario. Diria: Esvazie-se, e você vai conseguir ouvir melhor a voz de Deus, sonhar os sonhos que Ele tem para você. 

O tempo ocioso, sem ver televisão, internet, estar apenas ali, sem um milhão de brinquedos, obriga a criança a criar. Criança com muitos brinquedos acaba por não aproveitar as pequenas coisas, não tem tempo para criar, nem imaginar como deveria.

Nossas crianças não tem mente "desocupada" para inventar!

Algumas poucas horas por dia sem nada para fazer, sem culpa, Será libertador!!! Para eles e vocês. Deixe-os criar, mesmo que não queiram, precisam aprender a não ter "nada" para fazer.

Por: Dra. Stephanie Matos

http://www.maedefamilia.pt/2016/03/tedio-e-para-os-sem-imaginacao.html?m=1

Eu não quero usar isso mãe!



Minha princesinha linda é cheia de opinião.
"Eu gosto disso, não quero aquilo. Isso não combina!"
E ela estava decidida a não usar meias! Coisa simples, mas que para um pai/mãe menos paciente e decidido a ser obedecido a todo custo, poderia ser motivo de grande conflito.

"Como assim? Meu filho não TEM que me obedecer? Sou eu quem manda aqui!!!"

Isso depende de dois fatores:
Que tipo de filho você quer criar para o mundo.
Quais são suas prioridades na vida.

Quero filhos que saibam escolher e que tenham opinião.
E minha prioridade é que eles sejam bons, gentis com o próximo e com eles mesmos.

Existem ordens que passam apenas pelo querer e raiva pessoal. Uma necessidade mal resolvida de ser obedecido. Você está frustado e precisa de alguém que esteja abaixo, para que você sinta que esta acima.
E ordens que são limites de amor que você oferece de coração aberto ao seu filho.

Quando íamos sair, eu dizia: "Joana, calça as meias." Ela retrucava dizendo que sentia calor nos pés. Ou que as meias incomodavam.
Comprei meias mais bonitas e confortáveis. Talvez estivessem mesmo apertadas as outras.
Ainda assim, ela não gostava de usar. Colocava e começava a chorar irritada. Dizia que lhe faziam mal aos pés.

Qual era minha preocupação? Que ela estivesse bem, certo? Não estava preocupada com minha autoridade. Eu sei quem sou e sei que ela me respeita. Eu podia dizer: "Eu estou mandando, se você não calçar não vamos ao parquinho". Mas preferi respeitar a escolha dela. Mesmo eu sabendo que ela estava errada.

Até que... ela andando com tênis, sem meias, fez bolhas nos pés, e agora não quer mais andar sem meias.
Ensinamos a escolher, ensinamos a aprenderem com próprios erros, e intervimos com autoridade respeitosa, quando REALMENTE é preciso.

Não conta pra ninguém!!



A maior prisão que existe, é a que criamos para nós mesmos. E um segredo aprisiona.

Porque não podem saber? O que acontece se todos descobrirem? E se aquela pessoa contar oque sabe?

Se sabemos que segredos fazem mal, porque ensinar a não contar?

São pequenas situações do dia a dia. " não conte para seu pai", " fulano não pode saber" , " não deixa o Pedro ver esse chocolate".

De um lado, ensinamos que preferimos a verdade, "Me magoe com a verdade, mas não me iluda com uma mentira", e por outro lado, digo que deve esconder o chocolate para o Pedro não ficar triste. (sim, eu fiz isso).
E o pior, ele viu e não quis comer. Mas eu em esta pequena coisa, ensinei minha filha a enganar.

Na mesma hora, sentei com Joana e conversamos sobre isso. Eu disse:..."de agora em diante, não escondemos nada de ninguém nunca."

Não podem saber que eu fiz? Então devo avaliar: Preciso fazer? Sou capaz de aguentar as consequências quando descobrirem?



"Eu sei Joana, que existem coisas que não devem ser vistas... intimidades. Mas a verdade é que 'não deve', é diferente de 'não pode'.
As pessoas sabem que eu faço o número 2 no banheiro. Não devem ver, não seria agradável se vissem. Mas e se virem, vou me sentir errada, culpada? Não.  Esta é a diferença." 

Com isso protejo minha filha... Nunca me esqueço de uma publicidade em que a Eliana (apresentadora infantil) dizia: " se drogas é tão bom, porque você não pode contar para seu pai e sua mãe?"  Drogas, violações, abusos, roubos...muitas coisas horríveis. 

De hoje em diante contamos e mostramos sempre tudo. Se não puder ser assim...não fazemos.

"A quem muito é dado, muito é exigido"


Volta e meia me pego olhando esta foto. Tenho 3 ou 4 de toda minha infância...
Lembro do exato momento em que colocaram aquele laço no meu cabelo. Lembro do meu silêncio, de haver luzes vindas de um guarda chuva preto, e que o fotografo mandou sentar de lado e virar a cabeça para frente.
Eu tinha o que? 4, 5 anos? ano 87, 88?
Tenho memórias tão nítidas da minha infância, e isso me faz pensar no tipo de lembranças que meu filhos hão de ter.
Que eu erro e vou errar muitas vezes é um fato consumado. Estou em paz com isso... Nem que eu quisesse ser "A Perfeitinha", não dá! Tenho defeitos amais, sou prática demais, sou uma camaleônica lutando para ser constante...mas me policio. Quero que meus filhos tenham a infância mais normal possível.
.
Eu sei o contributo que dou na formação de carácter de cada um deles. Eu penso nisso o tempo todo!!!! "A quem muito é dado, muito é exigido".
.
Parece memória de um filme que assisti. "A menina obedeceu, sentou de lado, inclinou a cabeça e deu esse fantástico sorriso forçado, porque alguém disse... 'Sorria para Foto'!  Voltou para casa e assistiu na TV com sua amada irmã, ao fim da tarde, o programa da Mara Maravilha."

A Magia do Natal...


Te desejo a casa cheia e fartura à mesa. Crianças cansadas e felizes de tanto brincar.
Mãe falando alto, barulho dos vizinhos, surpresas à porta, lembra daquele primo? hoje resolveu visitar.

Espero que não te falte tua família que tanto ama, mas se faltar, que isso não te amargue a alma. Olha para o lado, atravessa a rua... ali naquela casa, tem alguém querendo conversar. Natal é sobre o que você tem para dar, e não sobre o que ninguém te dá.  Menos "eu" e mais "o próximo".

Feliz Natal 2019♥️
Stephanie Matos, a mãe de 3 quase 4. Te amo Sogra, obrigada por esta linda mesa de Natal.


TER STRESS EM CASA É O NORMAL!!!

Casa "calminha" o tempo inteiro, relacionamento sempre com cara de publicidade, nem Jesus conseguia... Ter aflições não é o problema.... mal é cair no desanimo e não conseguir sair disso. Vem fazer parte da família no www.maedefamilia.pt subscreva o canal e ative as notificações para ser avisado dos vídeos. Um canal que fala de amor, cuidado, respeito pelo próximo.

Todo dia é dia de festa nessa casa!


Três máquinas de roupa lavadas (Deus obrigada pela máquina de lavar e quem a inventou, ah, e ao tipo que projetou o sistema de água encanada também).
Choveu, roupa molhou, estendi dentro de casa.

Fechei outra parceria com uma marca conhecida, respondi pedidos S.O.S das minhas clientes online.
Jorginho não foi a creche, dormiu mal, tossiu a noite, não tive coragem de me separar dele.

Marido trabalhou parte do dia em casa, servi almoço, viajou para Holanda. Dois dias sem meu amor, cuida comigo a noite inteira do bebé.. Ah como faz falta...

Busquei as crianças 2h mais cedo na escola, precisava trabalhar a "Fala" do Pedro, temos tido tanto progresso.... #TEA
Joana anda apaixonada por matemática, estou aproveitando a fase (hiperfoco?).
As 8h já estavam na escola, desde às 6h acordados.

Faltam poucos dias para Jorginho fazer 1 ano... Estou cansada, com sono, mas não me queixo de nenhum momento até aqui. Ok, talvez me arrependa de um ou outro "surto"... quem nunca?

Este fim de semana nas mini férias, no hotel, sempre que passávamos era um acontecimento. "Nossa, é uma tropa" "São todos teus"? As tantas já ria e respondia, "não, a menina adotei na China, 1 na Itália, outro da Romênia e o Loirinho encomendei na Alemanha"

Deus, por favor, NUNCA DEIXE MINHA CASA VAZIA! 🤲🏻🙌🏻🤲🏻

Por Stephanie Matos, a Mãe de Família. Acreditem, a Stephanie, aquela estranha que tinha os cabelos bem vermelhos é a mãe.

O mais mimado?



Há quem diga que o irmão mais novo é o mais mimado.
E é mesmo... é o protegido pelos mais velhos, já não ouve tantos "não's" quanto os sofridos filhos de mãe inexperiente ouviram.
Os doces já são mais liberados, os machucados já não são uma tragédia e o choro é recebido sem dramas e mais praticidade.

Nas noites ainda se dorme mal nessa casa, mas já ninguém por aqui culpa ou procura culpados... alguns bebés tem um sono mais agitado, tudo bem, é assim mesmo.
Custa e da trabalho? Claro... estamos é mais receptivos, menos ansiosos.
Um nariz entupido é só ranho e meleca, uma febre não gera pânico a ninguém... e dormir sem comer tudo do prato, é apenas mais um dia de criança e não um presságio de desnutrição ou morte por inanição.

É mais mimado? é menos sufocado, com mais carinho porque temos mais bracinhos cá por casa, e menos neuroses e fobias de "como será?".

Por Stephanie Matos, a mãe que continua apaixonada, mas a cada dia menos insana 😜🤪

O que NUNCA digo aos meus filhos?

Eles parecem que já entendem tudo, as vezes acreditamos que quanto antes souberem as verdades da vida, melhor para todos. Mas será que suas verdade são mesmo "A VERDADE"?

Neste vídeo falamos francamente sobre esse tema. Confira...




Superproteção ou cuidado?

Todos tememos, de alguma forma, perder ou ver sofrer quem amamos. Por um acidente, ausência prolongada, dificuldades e constrangimentos,  morte.
Queremos quem amamos próximo de nós ou ao menos bem amparados, seguros na vida.
Mas... muitas vezes, justamente no intuito de cuidar e proteger, nós limitamos ou damos armas desnecessárias aos nosso queridos.

Assista o vídeo...

Minha Aspiegirl



Fui a escola da Joana hoje e todo, todos TODOS os colegas de aula vieram me abraçar. Joana é querida e amada de um jeito que surpreende. Eles respeitam-na pela opinião que tem. São crianças entre os 7 e 8 anos, meninos e meninas que olham e ouvem o que ela tem a dizer, com atenção. Fiquei mesmo impressionada. Não estava a espera.
A professora falava sobre a Joana com olhos em água.
Cheguei em casa, e Joana se estressou comigo e começou a se coçar e se bater nervosa porque o disfarce de Halloween lhe irritava a pele e sei la mais oque lhe frustrava. Olhei calma e apaziguei o meu coração com a certeza de que, ela guarda suas "crises e explosões" para quem confia. Sabe que comigo pode surtar e se descabelar. Aqui pode gastar toda a amargura e ira que lhe venha. Comigo pode ser quem quiser, sem faltar ao respeito, porque mãe ama e perdoa tudo.

Feliz por você se comportar tão bem minha princesa. Mais feliz ainda por saber que, comigo, você não tem medo de falhar.

#missPerfeitinha #tea #Aspiegirl #primogenita  #meumundoévc #teamo #maede3quase4  #maedefamilia

Postagens populares