Mostrando postagens com marcador Cuidando da Casa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Cuidando da Casa. Mostrar todas as postagens

E de repente, o pior já passou.


Joana está com quase 6 anos e Pedro com 3 anos. 
Tive dias de bagunça total e vontade de estar na cama. O que eu fazia? Nesses dia fazia o mínimo. Mas nunca deixei que um dia desses durasse mais que isso...apenas 1. 
Na maioria das vezes me levantava sem ter dormido nada a noite toda, e sabia que tinha um dia inteiro à minha espera. 

Joana desde os dois anos não faz soneca à tarde, ela nunca foi à creche, nem Pedro. 

E o que eu fazia para aguentar esse dia? Tomava um café e ia para o parquinho. 
Sabia que a cavalaria não viria me socorrer, sabia que não ia aparecer uma fada madrinha, e na maioria da vezes, nem uma pessoa conhecida para perguntar...quer ajuda?

Ia ao supermercado, limpava a casa, nem sempre a 100%, ia deixando as coisas no lugar.

Meu melhor amigo nas limpezas sempre foi o aspirador de pó... RECOMENDO! O som acalmava o bebê, por um tempo, depois tornou-se o estopim do desespero. 
Durante meses limpei a casa com filho ao colo, sempre aos poucos, apenas o necessário. 
Mudei a decoração, retirei tapetes, coisas que acumulavam pó, e até diminui a quantidade de pratos, copos e talheres. 
E recentemente, saimos da Romenia, para voltar a viver em Portugal...

Mais importante do que a casa limpa, sempre foi meu bom humor. Sei quando estou bem, cuido bem. 
Fiquei doente com eles, brinquei, chorei, briguei e aprendi a me controlar.
E aqui estamos nós, vencendo essa etapa. Agora Pedro acorda menos durante a noite, e teremos ainda muitas aventuras por vir. 

Obrigada à vocês que me acompanharam  nesse percurso, leram meu textos diariamente, congregaram comigo nos vídeos ao vivo, e testemunharam nossas preocupações e alegrias. 
Obrigada por todas que são ou pretendem ser, Mãe de Família.

As regras aqui de casa. Como ter filhos bem comportados?


Há algum tempo escrevi este texto, e todos os dias avalio os benefícios de se viver assim, respeitando o espaço e tempo deles, sem impor mais limites dos que a própria infância já tem. Estou aqui para acrescentar o que Deus entregou-me pronto, não quero estragar o diamante Dele.
Todos os dias vigio meu exemplo e minhas palavras, ensino a argumentar e expor sentimentos. Não quero ser a causadora dos maus pensamentos.
Porque cortar as asas desses "anjos" que Deus me permite diariamente cuidar, amar?
Faço de conta que são meus, mas nunca me deixo esquecer que são TEUS.
Com vocês, o Estatuto da Criança Bem Comportada.

"Criança deve brincar, correr, falar alto e rir muito.
Deve comer, se lambuzar, sentir texturas e se expressar.
A criança deve inventar, imaginar, fazer de conta;
Precisa se aventurar, rir das palavras difíceis;
Cair, ralar o joelho e olhar direto para o sol.
Pular na cama, no sofá, desbravar esconderijos;
Inventar musicas e palavras novas. Se zangar.
Querer por que sim e não querer por que não.
Precisa rolar no chão, tentar fazer cambalhotas e dizer cabeu;
Provar a pimenta, entornar o saleiro e balançar as perninhas na cadeira alta.
Mexer nos brinquedos, dar língua aos desconhecidos que assustam, e virar a cara quando não quer beijar.
Criança deve ser espontânea...
Fazer criancices e ser infantil.
Deve ser protegida e orientada;
Receber ajuda, sem criticas ou defeitos.
Qualquer criança deve poder, descobrir os limites de uma existência que "começou a começar".
Deve acima de tudo, ser amada...
E afastada de quem não sabe amar."
         Stephanie Matos, a Mãe de Família

Extensão e capa protetora para segurança do bebê.


Hoje vos falo desse maravilhosos engenho  que facilita muito a minha vida.
Você encontra esse produto em loja de materiais elétricos, e grandes lojas de materiais de construção.
Procure por Capa Protetora de Fichas Elétricas, ou em Aessorios de Extensões Elétricas no google.
Não é um vídeo de publicidade.

Xingando meu filho por causa da bagunça

Meu filho tem 5 anos e o problema dele é q eu arrumo a casa é ele bagunça tudo e se eu peço  pra ele coloca em ordem a bagunça que ele fez ele começa a gritar fazer birra e eu fico  nervosa eu começo a xingar e maltrata ele. Eu estou ficando doida eu não bato porque eu não sei bater é ai que ele aproveita
Eu estou ficando maluca.


Resposta:

Não pede para ele arrumar a bagunça. Pega uma caixa ou mesmo um saco e arruma com ele. Os dois juntos. Faz disso uma brincadeira.
Não arrume a casa sozinha... arrume sempre com ele. Dê um paninho para ele limpar, brincando. Pede para ele segurar a pá de lixo..
 Ajudar a colocar o pregador da roupa nas roupas do varal.
Para que você limpa a casa?
Para todos estarem felizes e saudáveis na casa, certo?
Então, não pode o remédio causar mais dor do que a doença.
Envolva seu filho na limpeza da casa. Ele vai valorizar mais e ainda terá um tempo divertido com a mamãe. (Enquanto a irmãzinha dele dorme...)

Assiste esse vídeo em que falamos um pouco sobre esse tema



Meu bebê destrói tudo e não me deixa fazer nada em casa


Sim, é normal… e não deve passar de uma fase. Mas depende de você, orientar para que essa fase seja o mais pacífica possível e não ultrapasse os 2 anos e meio.
“Como, eu não tenho controle sobre meu filho. Ele não faz nada do que eu mando”.


E aí está o maior erro.
Você não o deve controlar. É uma pessoa e nossa intenção é criar seres pensantes que decidam por si mesmos. E esta é a forma mais eficaz. Que irá durar para sempre.
Passo numero um:


1- Aceite de uma vez por todas que o ritmo da sua casa e da sua vida mudou. O conceito de decoração mudou. Algumas vezes será preciso fazer adaptações em todos os cômodos da casa, incluindo cozinha.

2- Fuja da inércia!
Que é essa?? (Risos) É aquela vontade incontrolável de ficar sentada e quietinha sem interagir com seu filho.
Como eu disse no passo anterior, você deve aceitar a mudança da maternidade e começar a ter prazer nas atividades em conjunto. É uma decisão diária e você pode e deve escolher ser feliz com ele, e não com a televisão. (Por mais cansada e cheia de sono, com uma vontade louca de ir para cama por 1 semana.)


3- Tenha caixas para os brinquedos em varias partes da casa. E mostre sempre ao bebê, como ele deve guardar. Mesmo  que ele não imite agora, por diversos limites físicos e cognitivos que ele ainda tem, continue sempre guardando e explicando: “ brinquedos aqui”.
É um investimento a longo prazo. Depende de você e não dele. Entenda isso!

4- Você precisa lavar a louça e ele tem menos de 1 ano? Organize-se e faça na hora da soneca.

5- Ele tem mais de 1 ano? Tenha brinquedos e incentive a brincadeira por algum tempo. Quando ele se entreter, lave rapidamente a louça. Sem atender telefone, focada e rápida.

6-    Precisa tomar banho? Tome com seu bebê. Até os 2 anos e meio, depois disso já é desnecessário.


7-    Pentear os cabelos, fazer unhas sozinha, passar roupa, ou mesmo fazer maquiagem para sair? Faça como no item 4 e 5.

Leia também  “Os filhos se adaptam aos pais, ou os pais aos filhos?"

Ninguém é explorado aqui!


Anos atras, iniciaram uma campanha contra "crianças nos trabalhos domésticos". 
Muitas crianças obrigadas a cozinhar, limpar, lavar e vigiar os irmãos menores. Perdem assim um tempo precioso de brincadeiras, que até apanham por não terem cumprido com seu "dever".

E então entramos em um extremo, onde crianças não podem fazer nada em casa.
E não é assim!
Todos devem ter uma rotina de cuidados com a casa.

E se meu filho se recusar a fazer, ponho de castigo?
Se a ideia é ensinar sobre o prazer da casa limpa, punir não é a estratégia.
Torne divertido, esteja junto e ensine desde pequeno o gosto pelo ambiente organizado.

Tenha lugar certo para tudo, de fácil acesso para seu pequeno conseguir guardar.
Pote para lápis e desenhos, caixas para brinquedos, prateleiras baixas para roupas e até cabides à altura dos olhos dele. Lixeiras, e quem sabe até, uma mini vassoura para varrer COM VOCÊS, ao mesmo tempo.


Ninguém deve ser explorado, nem mesmo o adulto. Os que coabitam trabalham juntos para manter a vida mais leve e salubre.

Papá, teu exemplo é fundamental para que isso dê certo. Trabalhe em equipa, e tenha uma família unida.

Quando a vida parece estar amarrada...


Viemos viver em Bucareste, num apartamento pequenino, com uma cozinha americana... aquelas que estão dentro da sala.
No inicio até achava bonitinho, acolhedor...até que comecei a não gostar. Com o não gostar, veio a falta de vontade de cuidar.
Nada parecia bom...  de repente, eu já nem tinha prazer em voltar para casa.

Estava a procura de outro apartamento há mais de 3meses, e toda vez que encontrávamos um, alguma situação estragava tudo. 
Sabe quando você sente que a coisa está amarrada e nada anda? Pois é... assim sentia. 

Já estava no incio da gravidez do Pedro, Joana com 2 anos, e não conseguíamos nos mudar.

Até que Deus falou comigo...
Ouvindo um vídeo no youtube sobre limpezas, uma senhora disse: "Quem não sabe apreciar a cozinha que tem, não vai saber cuidar nem de uma super cozinha de novela."
Daquele segundo em diante TUDO mudou.
Comecei a preparar a decoração de Natal... organizar minha mini cozinha e tudo o que estava fora do lugar. Percebi o quão ingrata eu estava sendo.
Fiz uma limpeza de alma. Meus olhos estavam maus, e tudo estava mau, não importava onde eu fosse.

No fim deste mesmo mês, quando já não andávamos a procura, ligaram-nos oferecendo o maior apartamento que vimos desde que chegamos á Bucareste. Com a cozinha que eu queria, e no mesmo preço do que estávamos a viver.
Deixamos o proprietário esperar nossa resposta. Já não ansiosos pela mudança.


Nos mudamos e fomos muito felizes lá... até eu querer um quintal. Mas dessa vez com mais calma, sem ansiedade. Sabendo que o que é nosso, vem no tempo certo. Quando somos gratos os suficiente para enxergar.

"Respondeu-lhe o senhor: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Foste fiel no pouco, muito confiarei em tuas mãos para administrar. Entra e participa da alegria do teu senhor!’." Mateus 25:21

3 filhos, casa, sogra, separações... eu consegui, me organizar e ser feliz!

A leitora me enviou seu relato de como ela conseguiu se organizar. Cuidar de seus 3 filhos, retomar os estudos e cuidar bem, da casa, filhos e dela mesma.
Eleodora Souza, de Belém- Brasil

Sou a Eleodora Souza.Fui mãe muito jovem e não tive muitas orientações por parte de minha família.Minha primeira filha tive aos 17 anos, o meu segundo filho aos 19 e a minha caçula, aos 25 anos. 
Eu muito inexperiente, não tinha a menor ideia de como se cuidava de casa, marido e filho, no caso uma menina. Sofri, pois me dedicava muito à minha pequena, esquecia de mim, da minha casa, do meu esposo. 

Para piorar a situação... Fui morar com a minha sogra que me odiava! Nem o nascimento da primeira neta fez acalmar aquele coração. Ela me empurrava tanta informação tosca, que eu acabava por me atrapalhar mais! Um exemplo: aqui na região aonde moramos é muito quente, e ela simplesmente não me deixava dar um banho, porque a menina podia adoecer! Nessas alturas do campeonato, parecia uma moradora de rua. 

O meu - então naquele momento - "marido", começou a reclamar da minha postura em não dar conta das tarefas de casa e da criação de nossa filha. 
Quando eu comecei a entrar nos eixos... Engravidei do meu segundo filho. Pronto! Fiquei desesperada, pois já tinha aquela frustração de ser uma incompetente mãe de primeira viagem. Então comecei a tentar organizar-me prevendo o que poderia acontecer com a chegada do segundo filho. 

Tudo certo! Nada de cometer os erros da primeira gestação. Só que mesmo assim, não foi o suficiente. 
Eu consegui dar conta do recado, cuidar dos bebes, porque quando o meu menino nasceu sua irmã tinha 2 aninhos... Eram dois bebes! 
Casa, roupa e até conseguia cuidar de minha aparência! 

Mas já era tarde de mais. Meu "marido", já estava a se envolver com uma outra mulher. Separamo-nos, casei outra vez, tive a minha caçula e já estava craque! 

Engravidei belíssima, me recuperei! 
Belíssima, voltei aos estudos e minha vida é bem corrida. Porém, não descuido um minuto de mim, dos meus filhos que hoje são todos adolescentes, e esta é uma fase que já sou quase PHD.


Sou Mãe, esposa, dona de casa, universitária. 
Não abro mão de ser Mulher que se cuida, que ama e que é mãezona!
Texto escrito, especialmente para nós, pela Mãe de Família Eleodora Souza.
Eleodo

Casa sempre limpa, como? E sem faxinão no fim de semana.



Já fiz um vídeo contando como mantenho minha casa em ordem, limpando menos de meia hora por dia.
É como EU faço,e da certo. Recomendo. Se te ajudar,ficarei feliz. 
Tenho dois filhos e marido. Passo a maior parte do tempo com os pequenos em casa, a casa se desarrumaria muito depressa, não fossem esses truques que vou vos contar.

1- Superfícies desocupadas. Nada de livros, lembrancinhas e bibelôs em cima dos móveis, mesas. Pia da cozinha e banheiros sem nada solto.
Com isso, basta um pano, produto de limpeza adequado e em segundos limpo.

2- Casa minimalista.
Poucos móveis, apenas o necessário.
Quarto: Armário, comoda e cama. Criado mudo e tal.. nada em cima.
1 cesto para roupa suja.
Sala com sofá, cadeiras e móvel para tv (de preferencia tv presa à parede) e consolas de jogos.
Se tiver filhos, e quiser tapetes ( eu prefiro não ter tapetes) tenha tapetes que possa lavar na máquina de casa. Ou prepare-se para ter mais trabalho lavando. Capas nos sofás laváveis ou sofá em couro.

3-Cozinha com mesa. Se sua casa tem sala e cozinha junto, tente limitar a zona das refeições o máximo possível.
Uma mesa é obrigatório. Tenha, nem que seja um caixote com uma tábua, mas tenha uma mesa. Trás muita ordem à hora das refeições. Ajuda e marcar a rotina e manter a casa limpa.
Lugar de comer, o que for, é à mesa. Acredite, isso é a base do seu sucesso de limpeza.

4-Brinquedos:
Tenha caixas grandes onde caiba tudo, e tenha a regra: Brincou? guardou!
Se puder tenha um cômodo da casa para brincadeiras e ponha lá todos os brinquedos. Se tiver, não deixe nada fora de lá. Assim, não deixe brinquedos no quarto.


5- Roupas:
Tenha as roupas da estação. Não mantenha casacos dentro do armário, quando acabar o inverno.
Se não usa a roupa, retire do armário e decida o que fará com ela depois. Dar ou guardar em uma caixa.
Tenho o minimo dentro do armário.
Roupas dos seus filhos e marido, a mesma coisa. Tenha apenas o que usa no armário. Assim você cuidará melhor do que tem e vai saber quando realmente precisa de roupa nova. Menos consumo, e mais ordem.

6- Passe a ferro,apenas o indispensável. Eu particularmente só passo as roupas que meu marido usa no trabalho. Separo as 5 camisas para a semana e calças dele.
O resto, eu não deixo muito tempo na maquina, nem mofando no varal. Secou, guardo nas gavetas de cada um, bem esticado. Isso vale para lençóis também. Um estilo bem Americano, e dá super certo.

7- Tendo tudo como eu digo acima, organizado. Basta varrer ou aspirar a casa todos os dias, fazer as camas, por roupas para lavar e estender, e passar esfregona ou pano no chão da casa toda, inclusive banheiro e cozinha. E escolha 1 dia na semana para cada cômodo da casa, para uma limpeza mais a fundo, mas rápida.
Quando uma janela estiver suja, não espere o tal dia da semana... depois que tudo estiver varrido e tal.. e as coisas mais calmas aí por casa, limpe a janela com um pano, ou apenas vidros com papel e o produto que você costuma usar.

Sem stress... sem faxinas nos sábados, sem casa suja. E você, tem um truque para partilhar?

Faço TUDO sem empregados, e meus filhos não estão em creche.




Uma leitora disse... e acho que pode servir para mães desanimadas por aí..
"Se vc limpasse mesmo todos  os dias vc não teria tempo para mas  nada e isso é si..."

Resposta:
Limpo todos os dias... todos os dias. Tenho marido, 2 filhos, 1 cadela e 2 hamsters...não tenho um parente que viva neste país. Ai de mim se não limpar.

SEM EMPREGADA,
SEM CRECHE, (homeschool meus filhos estão 100% comigo, em Portugal é permitido e meus filhos são portugueses)
SEM BABÁ,
SEM DIARISTA,
SEM FAXINEIRA,
SEM NINGUÉM ALÉM DE NÓS. (Todos na minha casa limpam)



E sim minha casa está limpa, meus filhos cheirosinhos e felizes... brincamos MUITO o dia inteiro, passeamos e comemos. Minha filha nunca dorme à tarde. Às 20.30 estão na cama dormindo. E eu vendo filminho com meu marido.

Acabei de lavar o banheiro, enquanto eles tomavam café da manha.

Como faço isso? Rotina! Bons hábitos. Boas escolhas.

Erro? Óbvio! Deixo louça suja na pia? As vezes...  mas acredite, é mais força de vontade,do que força braçal. Quem quer, faz.

Ahhh... e ainda escrevo sozinha o blog, todos os dias, e respondo sempre os emails, e comentários.
Leio todos os dias, estudo, me instruo, instruo meus filhos.
Durmo as 22h, me levando às 7h.

Faço yôga com minha filha no quintal, e há 1 semana comecei a fazer freeletics (ginastica). Joana e eu nos divertimos muito fazendo juntas... Pedrinho de 13meses tenta.



Eu consigo, você consegue. A pergunta é... você sabe o que quer?
Responda essa pergunta e monte seu horário. Tenha uma agenda. Organize sua casa e sua vida.

Quem me segue no instagram.com/maedefamilia e no meu canal do youtube.com/maedefamiliaOficial sabe melhor da minha vida.

Tenho um vídeo que falo sobre como limpo, no meu canal... https://youtu.be/KXrk65YUv8w  e outro onde quase sem querer, mostramos nosso "horário"... pode ver aqui.

Porque o homem limpa a casa?



Desde que sou mãe, escolhi ficar em casa cuidando dos meus dois filhos.
Precisamos nos adaptar, principalmente mentalmente e ignorar ideologias alheias. Tinha sempre um palpiteiro para criticar e dizer que estava perdendo minha vida. Hoje em dia, já não despendem tempo me criticando. Sou imune. Como?

Eu sei quem eu sou e sei o que quero ser e fazer. Apenas isso.
Combinamos que eu cuidaria da educação, higiene, alimentação, roupas e o máximo trabalho da casa. E ele traria o dinheiro para casa.
Mas como eu disse, eu faço o máximo do trabalho domestico, mas meu marido faz sim o minimo. Ele mora aqui, come, veste, suja... faz a parte dele.

Como assim? O homem trabalha o dia todo e chega em casa e limpa?
Diariamente não faz muito... mas sim, sempre passa no supermercado no caminho de casa. E trás o que falta.
Nos fins de semana fazemos tudo em conjunto. E conjunto inclui TODOS, até o Pedrinho de 1 ano.

Não é castigo, não é difícil... e com bom humor, fica até divertido. E quem limpa, não gosta que estraguem seu trabalho. Essa é a melhor parte. Todos são responsáveis.

Todos somos responsáveis por administrar as tarefas, assim como somos responsáveis TODOS pelo dinheiro que ele trás para casa.

Não tenho a hora do café... pausa para almoço. Aqui minha chefe sou eu, e a barriga deles. Acreditem, me cobro muito! E o turno nunca acaba. Mesmo que eu não tenha dormido a noite anterior, faço plantão na noite e dia seguinte igualmente.

É difícil para ele fazer a parte dele em casa? Acredito que seja mais um bloqueio mental do que físico, que algumas pessoas têm.
Arrumar é fácil, e todos juntos é muito rápido.

Quero o bem da minha família, e participar nas atividades doméstica, administração do dinheiro e  cuidado com o cônjuge, é sim, construir bases sólidas para a existência de todos nós.
 Isso é cuidar do próximo, que está também dentro de casa.

Faço tudo sozinha e ninguem me ajuda!



As vezes, é um pouco coisa da nossa cabeça, as vezes é verdade... mas independente de fazer ou não tudo sozinhas, temos que ter nossa paz.
Independente da carga que se carrega, podemos suportar tudo e transformar as coisas menos boas em proatividade e focarmos no nosso real objetivo: Cuidar dos nossos filhos e sermos felizes.

Quanto mais frustrações temos, mais invencíveis podemos nos tornar.
Até parece óbvio, mas na hora em que o "bicho pega": Que estamos com um filho gritando de um lado, arroz queimando no outro, atrasadas no serviço, ou para o trabalho, e ninguém ajuda, é difícil ser positiva.
Mas acredite, o que não nos mata, nos fortalece!

Somos capazes de fazer tudo e mais alguma coisa, SOZINHAS.
Sim, ter uma "mãozinha" extra, ou pelo menos uma palavra amiga, nessa hora, ajudava um pouco.

Se você vive assim, tente se organizar. Pare de esperar ajuda, e diminua suas expectativas em relação aos outros.

Não adianta passar a vida brigando, implorando por um socorro. Se ninguém se candidata, foco, e mãos a obra.

Se no caminho, você puder se desprender de alguma carga "extra", Let it go (deixa ir embora)...como diria a Elsa do Frozen rsrsrs ...
Mas avalie sempre, se é coisa da sua cabeça, falta de conversa, ou mesmo se não querem te ajudar.



E força, nós somos capazes!

Limpeza desinfectante para acabar com doença contagiosa em casa


Olá Famílias, como muitos de vocês sabem, estamos com Rotavírus. E ontem, depois de chegar do internamento no hospital, eu, a mãe , mesmo ainda adoentada, tive que fazer uma super limpeza em casa. Eu não confiaria a mais ninguém essa tarefa. É muito sério, e eu não queria correr o risco de deixar vírus pela casa.

Coloquei marido com os filhos para o quintal e comecei o "ataque".
Lembrando que é limpeza desinfectante, não é faxina de arrumação.

Que materiais usar?
Água sanitária (Lixívia), Álcool 70%, 3 panos para limpeza dos móveis, 1 esponja para o banheiro, 2 esfregonas NOVAS (ou pano de chão NOVO de preferencia), saco de lixo grande (eu escolhi de 210Litros) e luvas de borracha.

(Álcool não elimina ROTAVÍRUS porque é vírus não envelopado, mas eu não tinha outro jeito de limpar o sofá sem manchar...e teve que ser só isso mesmo.)

Comecei com a coleta de lixo pela casa e roupas sujas, e/ou contaminadas.
Eu estava doente já há alguns dias, então a coisa estava se acumulando por aqui.

Todo lixo dos banheiros, quartos, sala e cozinha. Por isso, o saco grande. E sacos para roupas... lembrando, que são contaminadas e precisam ser lavadas a 90° (máximo aqui da nossa maquina)


1- Comecei pelo banheiro, lavando tudo com água sanitária (lixivia), incluindo lixeira, tampa da lixeira, porta e maçaneta... tudo que pudesse ter sido tocado. Descarga (autoclismo), pia,armário, banheira, chão, sanitários.

2- Quartos : pano com água sanitária nas camas e colchão, portas de armários, maçanetas, interruptores da luz, tomadas, cabos e brinquedos. (Ufa! Cansei)



3- Sala: Pano com muito álcool no sofá todo. E com água sanitária para televisão, móvel da TV, cabos de carregadores, playstation, controle remoto, por fora das gavetas, maçanetas das portas e portas, janelas. Tudo que pudesse ter sido tocado... e mais brinquedos.



4- Chão dos quartos e sala.
Com uma esfregona (ou pano) um balde com água e água sanitária (medida de 1 para 4 mais ou menos) e passei no chão dos quartos e sala.
Depois para amenizar o cheiro, eu passei a cera liquida no chão, com outra esfregona.

5-E por fim a cozinha... que acreditem, foi o mais fácil.
Não havia louças para lavar, então foi basicamente tirar o lixo, toalha da mesa, passar pano com água sanitária na pia e torneiras, na porta da geladeira, na cadeira do bebê, na mesa de refeição, cadeiras, móveis, puxadores dos armários,maçanetas das portas e portas, e na janela.

Chão com a água sanitária e depois um desinfetante para tirar o cheiro. 
Bem... isso tudo em menos de 1hora. Fiz tudo a correr mas bem feito. Nada como a pressão de ter que eliminar vestígios do "crime". Eu me senti em um filme do CSI, investigação Criminal... (risos)

As crianças estavam cansadas, acabadas de chegar do hospital, brincando no quintal com meu marido, e eu ainda super indisposta com diarreia. Por isso, tinha que ser rápido.

6- E as roupas, lavar no dia seguinte. (MUITAS!) Roupas de cama, toalhas...
Estamos bem... se não leu sobre a nossa "saga" dos últimos 10 dias com Rotavírus, recomendo a leitura.

Ficam aqui as recomendações médicas, e de mãe.
Boa sorte...

*atenção, água sanitária não deve ser usado como produto de limpeza diário, porque além de ser corrosivo para os móveis, agride o ecossistema. Para o dia a dia, prefira álcool 70%.
Mais um dia em nossas vidas, em Bucareste...
Detesto entupir o planeta de lixo, mas percebi que andamos fazendo muito, mas muito lixo aqui em casa. Então decidi parar de adquirir lixo... Podemos compra com menos embalagens, e produtos muito mais saudáveis e baratos...
Se ainda não nos conhece, vem fazer parte da família no youtube.com/MaedeFamiliaOFICIAL e facebook.com/maedefamilia.pt e  instagram.com/maedefamilia


Não gosto de limpar a casa, me sinto explorada!


Organizar a vida
Mãe de Família
É chato pensar, que somos as "criadas" e que ninguém respeita o que fazemos. É ruim imaginar, que não estamos sendo valorizadas, e que não importa o que você faça, é como se tivesse passado o dia passeando ou vendo televisão,te tratam como se você não tivesse feito nada.
É terrível sonhar,com a hipótese de todos estarem felizes e de ferias pelo mundo e você está aí lavando e passando roupa para marido e filhos.

Se é tão ruim pensar essas coisas, porque você pensa nelas?
Você gosta da sensação de dever cumprido quando vê o armário com as roupas todas organizadas?
Gosta do cheirinho de casa limpa?
Gosta de sentar a mesa,com sua família, e ver que a pia está limpa e o chão brilhando?
Então é isso que você deve pensar.

Sua casa é seu tesouro. É um presente que Deus te deu, templo da sua Família.
Você não limpa, passa e arruma, porque você é a pobre escrava vítima.
Você tem o privilegio de poder cuidar da sua família. Você não é sozinha no mundo, tem quem te ama e se importa com você.


Cuide do que é seu, e tenha domínio sobre sua mente, sua vida. E se sente que não estão respeitando, que seu marido ou filhos (ou mais alguém) estão "abusando", converse e resolva, explique o que você sente. Cuidar da casa, e da sua família é prioridade de todos, e um privilégio, não "o castigo" para ninguém.
Mude sua mentalidade, e o cuidado com a casa/família deixará de ser um fardo, e se tornará apenas no que é: um cuidado.

Postagens populares