terça-feira, 24 de novembro de 2015

Depressão na gravidez e pós parto

Muita gente não sabe, mas não começa sempre a seguir ao parto. Pode surgir durante a gravidez, ou mesmo 1 ano depois do parto.


Durante a gravidez a mulher fica normalmente mais sensível, mais chorona, graças as hormonas. Mas se isto nunca passa,
se nada a faz feliz, se a insegurança e medo impedem inclusive de sair de casa, é muito provável que esteja vivendo uma depressão.
E depressão que começa na gravidez tem muito mais chances de se manter pós parto.


Um sentimento bastante comum na depressão pós parto, é o medo e sentimento de impotência. Não se sentir segura e capaz de cuidar do próprio filho.
Sentimentos negativos em relação ao bebê.
Mães com filhos com até 1 ano, chegam a sentir raiva e pensam que o bebé é mal criado e está afrontando a mãe.
Infelizmente algumas mães chegam a pensar em fazer mal ao bebê.


Eu sei que este período é cansativo, que acordar muitas vezes a noite, não ter ajuda e muitas vezes não saber o que fazer, deixa qualquer ser humano desequilibrado.

Mas se estes sentimentos duram mais que 1 mês, e a irritação, sentimento de raiva ou tristeza já são incontroláveis, procure ajuda médica e faça tratamento.

Existe medicação compatível com a gravidez e ate mesmo com a amamentação. Como é o caso de alguns inibidores de serotonina.


Depressão não é loucura. Loucura e estar sempre mal e não procurar socorro. Trate-se e seja mais feliz com seu bebê.
A maternidade não é o tempo todo sdifícil, e se te parece sempre um fardo, procure ajuda medica.

2 3 4 5 6 7

Postagens populares