terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Tão bebêzinho e já vai para a creche...

Não pega a mamadeira


Eu sei, ele é tão pequenino, mas você precisa trabalhar certo? 
Não tem escolha, precisa manter o emprego, a licença maternidade está no fim.
Se você está gravida e está lendo esse texto, vou te dar uma dica... comece a procurar creche! Há lugares em que é preciso guardar a vaga com 1 ano de antecedência. Oh vida difícil.

Não vou falar sobre os aspectos emocionais, mas como deve calcular, é sofrido. Mais para a mãe. Acredite, você escolheu bem e seu filho vai estar em boas mãos.
Se tiver a oportunidade de deixar com os avós até os dois ou 3 anos, realmente é o melhor. Mas se isto está fora de questão, vai para a creche e você deve ajudar o máximo possível nessa transição.

Não basta entregar a criança e se ocupar do teu trabalho.

O bebê mama e não pega a mamadeira.

Se eu cobrasse por cada mãe que me pede conselho sobre isso... eu já teria um bom pé de meia. (Risos)

Não pega na mamadeira, e já tem 4 meses:  Bebe no copo! Acredite, seu filho é capaz. Não precisa insistir com a mamadeira.

Pode também iniciar a introdução de sopas com 2 elementos, papas e frutas não exóticas, como maça, pera e banana. Em alguns países a primeira fruta é o abacate. Converse com o pediatra do seu filho.
Tente manter o aleitamento materno exclusivo, mas para isso, convém se preparar com algum tempo de antecedência, e congelar o seu leite. 

"Meu bebê vai chorar de saudades?"
 Sim e não. Ele é pequenino, vai sentir falta de colo. Mas vai se habituar a nova rotina.
São novos ruídos, movimentos e mais gente. Os bebês costumam se sentir seguros ouvindo vozes, e principalmente de crianças.

Mas o mais importante, se você amamenta, tente não desmamar agora. Antes de levar para a creche, amamente, e quando for buscar amamente, de preferencia ainda lá.

Não deixe seu bebê horas amais desnecessárias!!!
Trabalhe e volte correndo para busca-lo.
E jamais se sinta culpada por trabalhar ou estudar.

Mas atenção, creche implica contato com mais crianças e por sua vez doenças.  Esteja preparada para baixas medicas por assistência familiar. O que significa dizer, que você pode ter que faltar algumas vezes para cuidar do seu bebê doente.
Criança doente com febre ou o que for (identificável) não vai para creche. Por isso prepare-se.

E não se esqueça, tenha as vacinas em dia.

Dúvidas? Escreva para o blogmaedefamilia@gmail.com
2 3 4 5 6 7

Postagens populares