segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Em mim ninguem manda!



"Rápido, se veste logo!" "Vem cá agora!" "Eu já disse para você pegar todos esses brinquedos daqui!"
"Anda que eu tô mandando!"
E se eu falasse assim com você papai e mamãe?
Quando você está perdido sem saber onde comer, ou que roupa vestir. Como você gostaria de ser tratado?
 
Preferia receber uma ajuda amiga, ou um grito de " eu já te disse!!"? 
Mas se eu te ajudar você vai ficar dependente e nunca vai aprender sozinho. Então eu não vou te ajudar.

Pois é... muitos pais têm feito assim com seus filhos. Eu já fiz... mas meu termômetro interno aqueceu, e percebi que não podia estar certo. Mesmo que muitos "profissionais" dissessem que meu filho tem que me obedecer sem contestar, eu sentia que isso não fazia sentido. E o pior, afastava-me do meu bem mais precioso.

Existem opções mais inteligentes para conquistar a colaboração de alguém,mesmo que seja de uma criança. Temos apenas que seguir nosso senso de humanidade, aguçar a empatia e paciência.



"Oi meu amor, foi bom brincar. Vamos juntar esses brinquedos todos? Vem...mamãe pega a caixa para você.
Olha princesa, eu sei que você quer estar bonita hoje, mas a mamãe está atrasada. Temos que ir ao medico. Veste esta roupa aqui. Vou levar essas calças para o caso de ficar frio.
Não quer usar meias? Pode fazer doidoi no seu pé. Mas eu entendo. Vou levar na bolsa, se começar a doer você usa, está bem?
Não quer comer agora? Uma pena, fiz com tanto carinho. Vou guardar, e daqui ha pouco você come.
Ou...que tal um piquenique no chão da sala... espera que vou pegar a toalha para por no chão."

Ha formas e formas de dizer as coisas. Se com um adulto você procura os melhores argumentos, por que com uma criança deve ser diferente? Respeito gera respeito. "Aquilo que você semear, isso mesmo ceifará". E entenda de uma vez por todas... medo e amor, não convivem. "porque o perfeito amor, lança fora todo o medo".
2 3 4 5 6 7

Postagens populares