segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Meu filho não engatinhou e tem dificuldades na escola, porque?

O desenvolvimento motor da criança que começa na concepção, desde que “entra na barriga” da mamãe e quando completa seu primeiro aninho, é o mais importante de todo desenvolvimento motor dele. Tudo o que acontece nesse período tem repercussões neurológicas para todas as fases do desenvolvimento físico, sensoriais, intelectual e até social.


                                      (o vídeo explica em palavras simples e com algumas dicas)

Tudo começa no útero, com ajuda dos reflexos motores do próprio útero e conjugados às reações reflexas do bebê , e aliás, movimentos esses que facilitam a sua própria expulsão no parto.



Bebê deve OBRIGATORIAMENTE passar por cada uma dessas fases, por motivos neurológicos:

Mexer bracinhos, mexer perninhas, descobrir dedinhos das mãos e dos pés, arrastar-se no chão, ENGATINHAR, andar sozinho, correr, saltar.

Algumas crianças podem não passar por alguma dessas fases, seja por uma lesão no sistema nervoso central  dentro da barriga da mãe, no parto, depois do parto, ou por falta de estimulo adequada por parte dos pais (tutores) no primeiro ano do bebê.

Bebês devem se arrastar, descobrir o chão, o mundo que o rodeia e seu próprio corpo. Isto amadurece as funções neurológicas básicas, que depois serão necessárias para escrita e leitura, por exemplo.




Entre os 3 e 12 meses, mais ou menos, todo movimento que o bebê faz, irá criar e desenvolver sinapses e mielinização das vias motoras. Em outras palavras, irá desenvolver o cérebro e sistema nervoso central e periférico do bebê.

PROPRIOCEPÇÃO
Se arrastar, é o início da independência dele e a melhor forma de explorar o mundo á sua volta, mas não é apenas isso, ele está desenvolvendo a percepção tátil. Esfregar seu corpinho no chão, serve para desenhar no cérebro um mapa de cada pedacinho de seu próprio corpo.
Quando isto está “pronto”, ele pode tentar se equilibrar de quatro e começa a ENGATINHAR.


 E nessa etapa, de tentar colocar-se de 4, ele vai desenvolvendo a propriocepção que será o determinante para seu próprio controle postural.


“OPA!!... pus força demais nesse joelho, e ele bateu no chão...”


“Xiii... fiz pouca força com o braço e não consegui pegar o brinquedinho.”


“Calma, calma... o brinquedo está mais perto... acho que mais duas pernadas eu chego lá" 

(convergência visual, desenvolvimento da visão central e periférica, profundidade, dimensão espacial, coordenação olho-mão, sem isso não vai aprender a ESCREVER BEM!)

“Vou ter que abrir mais esse dedo, e me preparar para o peso, para segurar as chaves do carro da mamãe... mas vai valer a pena.”


Engatinhar é a fase que permite amadurecer o Corpo Caloso. E é esse Corpo Caloso quem faz a comunicação do cerebro direito com o esquerdo. Já viu pessoas que mal conseguem executar 2 tarefas ao mesmo tempo? Cada lado do cérebro é responsável por uma “coisa” diferente. E precisamos que essa “ponte” que liga os dois lados esteja bem desenvolvida. Por isso... DEIXE O BEBÊ SE ARRASTAR!!



MEU FILHO ENGATINHA ERRADO

Sim, existe o jeito certo de engatinhar.

Ele engatinha com uma perna dobrada e a outra reta, porque? 

Provavelmente por uma má propriocepção, ou uma má formação física da pelve (quadril), ou das costas, o que vai atrapalhar o desenvolvimento de tudo o que falei antes. Olho, mãos, equilíbrio.

Engatinha saltando com o bumbum (pula de rabinho no chão)

Provavelmente por problemas na coluna vertebral, ou no futuro podem desenvolver esse problema, e isso não permite desenvolver a convergência visual. (expliquei acima)

Gatinha pulando como um coelho, com as duas pernas ao mesmo tempo: 

A pelve (anca, quadril) faz uma forma de W, e isso é o sintomas de um mal desenvolvimento de um reflexo primitivo. Podem ser causados por problemas da pelve ou coluna vertebral. Ou podem no futuro causar esses problemas na pelve e na coluna. PRECISAM SER ACOMPANHADOS.




MEU FILHO NÃO ENGATINHOU OU ENGATINHOU ERRADO, E AGORA?

Se você leu tudo até aqui, já sabe bem o que te espera, mas aqui vai uma breve resumo: Muito provavelmente seu filho terá dificuldades de aprendizado.
A forma mais eficaz de tratar essa dificuldade será se arrastar e engatinhar (de novo), para amadurecer essas “partes” do cérebro.


(vídeo de uma das atividades de desenvolvimento neurocognitivo que fazemos aqui em casa, Joana com 4 anos)
Procure um psicomotricista, um neuropsicólogo, ou mesmo o psicopedagogo da escola e converse sobre a melhor forma de ajudar seu filho.
2 3 4 5 6 7

Postagens populares