Eu sou autista, será que sou X-Men?


"Tenho uma duvida e acho que você poderia me ajudar. Sempre vemos em programas de televisão, reportagens ... história de superação de pessoas com tea, mas quando vc ver o diagnóstico normalmente eles são asperger. Isso me deixa muito desanimada porque me remete a seguinte indagação: somente autistas com esse diagnóstico conseguem ter uma vida "normal", autônoma no futuro????"

Ter vida maravilhosa e sucesso são palavras muito relativas ao olhar e conceito de cada um. Um Tea severo dentro do alto nível de retardo mental dificilmente terá um emprego, mas o sucesso para a mãe sera que coma sozinho e não use fraldas. Te parece pouco? A mim me parece maravilhoso. Mas isto porque meu conceito de vitória está baseada na paz de quem alcança essa tal conquista.

Uma mãe que desde que o bebé nasceu, lida com crises convulsivas e explosões de fúria, vai estar grata e será triunfadora de puder conviver em casa com este filho sem medo de apanhar.
O tal sucesso do Asperger (TEA 1), também não é ser igual ao dos neurotípicos. Meu exemplo, tenho diplomas e ferramentas para ser uma grande profissional, mas meu mundo de sucesso é dentro de casa, oque para um neurotipico seria um fracasso. Para mim é sucesso. Tenho paz e consigo estar bem com minha família e isso me basta...

O sucesso é relativo as dificuldades que superamos... meu Pedro não fala, não convive, e faz coco na roupa... com quase 4 anos. Minha vitória sera ele ter amigos.

Um Tea de nível 1 diz que criou um programa informático maravilhoso e ganhou dinheiro com isso, mas pensa em suicídio 15 vezes por dia e ate é provável que se mate. Um TEA de nível 3 não verbal, assiste desenhos animados o dia todo aos 30 anos mas toma banho sozinho e come mastigando sem bater a cabeça na mesa a cada 15 minutos, essa mãe fica feliz e grata. Provavelmente satisfeita porque seu filho por mais que se agrida e tenha marcas no rosto de tanto esfregar os olhos e coçar a boca até sangrar, ainda assim ele não demonstra atitudes suicidas e sua mãe se sente grata por isso.

Andam romantizando o autismo, ainda não percebi o porque. Mas autismo é ruim, é uma pertubação, um transtorno.
 Nossas alegrias são as nossas superações... nossa referencia de "bom",  é ser melhor do que ontem e não como este ou aquele neurotipico.

Autismo não é uma doença, são um conjunto de pertubações ou transtornos dentro de um individuo só. Alguns são apenas isto ou aquilo... nós temos isto, aquilo, aquilo outro e de acordo com a quantidade de transtornos nós somos mais ou menos severos. Mas sim, temos uma vida neurologicamente não tipica.
Eu sou autista, serei eu uma X-Men?
2 3 4 5 6 7

Postagens populares

Booking.com