sábado, 18 de julho de 2015

Ela não gosta de partilhar?


Estamos numa fase em que partilhar não é a palavra preferida... Será que algum dia será?
E nós, emprestamos o tablet, o celular ou as chaves do carro à estranhos?

No parquinho vem sempre algum menino pegar o brinquedo dela.
Minha atual técnica nestas situações é : Não digo NADA!
Acredito no juízo da minha filha. Acredito que ela saberá julgar por si só, quando deve ou não emprestar ou partilhar seu brinquedo. Me vigio para dar sempre o melhor exemplo em casa.
E tem dado certo.
Amigo não precisa dar o que tem para ser aceite. Amigo brinca com amigo. Se não é assim, não são amigos ou ainda não aprenderam como devem agir.

Não a faz feliz,não pode ser bom.
Se ela chora e não quer emprestar, não devo insistir, ou mesmo obrigar.

Quando é um brinquedo que já estava no parquinho, ou um balanço (baloiço) e ela pensa que é dela e ninguém pode sentar,eu intervenho e digo: "Não é nosso Juju, é do parquinho, por isso brincamos um de cada vez."
Ou seja, ninguém pode te jogar para fora do balanço, mas você tem, TEM que ser gentil e ficar apenas alguns minutos,um pouquinho para cada um. Brincar à vez.
Mas nem todos agem assim, alguns monopolizam os brinquedos.

Fazemos com os outros o que queremos que nos façam a nós.

Não há técnica que ajude a formar cidadãos perfeitos.
Mas sei que dentro de nós, grandes e pequenos, está o que é preciso para escolher entre o que é certo e errado.
A final de contas não se trata de partilhar, dar ou emprestar. É tudo sobre sermos bons ou maus uns para os outros.
2 3 4 5 6 7

Postagens populares