quinta-feira, 23 de julho de 2015

Sindrome de BigBrother

Você discute com um colega de trabalho, vizinho, ou marido.Mesmo que você esteja certo e o outro errado, como você se sente?

Eu me sinto mal,o assunto me incomoda.
Sou daquelas que peço desculpas, mesmo se acredito que eu tenha razão, porque detesto mau ambiente.
Mas e depois, esquece?
Alguém está falando mal de você, todos sabem. O que você faz? 

Há pessoas que realmente vivem amarguradas com tal ofensa. Situações simples que se transformam em traumas. Acontece no trabalho, entre irmãos, em pessoas que convivem muito. Tudo perece muito grave, quando não é.

Eu costumo chamar isso de “Síndrome de BigBrother.”
É uma síndrome invasiva e dominante que atua em grupos que decidem viver confinados em um universo próprio.

Sem preferência de idade, nível socioeconômico e credo religioso.Altamente contagiante, e o contágio se faz boca à ouvido.
Quanto maior a suscetibilidade do indivíduo, maior a morbidade. Ou seja, quanto mais rancoroso, vaidoso, egocêntrico e maquiavélico, mais grave o quadro e a disseminação da doença. 

Você já reparou como, por vezes, grandes problemas alheios te parecem estúpidos?
E na maioria dos casos até são.

As pessoas vão vivendo de tal forma aquele “mundinho” limitado e sufocante, que não conseguem enxergar saída para as situações mais simples. O que aumenta muito o drama e, por vezes, entra marido, sogra, vizinha, e gente que nem tem nada a ver com o assunto. Aquilo que não era "nada", simplesmente se multiplica. 

Olhe para trás, pense bem... Se lembra de uma discussão horrível na qual você este envolvido?
Talvez terrivelmente constrangedora, ou muito ofensiva.
Você foi humilhado, menosprezado, maltratado. Aquela pessoa "venceu"!
E daí? O que aconteceu? passou? você sobreviveu?Valeu tanto choro e vela?

Quanto tempo você perdeu?

Quando você vir que está entrando em um “BigBrother”, uma situação dessas absurda e sufocante... Dê uns passos para trás, e olhe para a bolha que você está entrando.
Olhe lá de cima para baixo.O que você vê?Como você pode sair desta situação?
Se você "perder" o que acontece?
Será que não era melhor dar a outra face e deixar para lá? 
Não alimente aquilo que você não quer que floresça. Não viva em um Big Brother.

2 3 4 5 6 7

Postagens populares