Grupo Mãe de Família SA

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Bondade te envergonha?

Eu a frente de todos ofereço a você um presente surpresa. Como você recebe?

É difícil de dissimular esse sentimento, talvez por isso seja tão íntimo. Basicamente deixo alguém por alguns instantes frágil, quase nu, desprendido de si mesmo.
Uma espécie de constrangimento com empolgação.

Ao mesmo tempo se pensa: “Como vou retribuir?”. 

Há aqueles que fazem de conta que não é nada, do tipo... "Obrigada, mais um para a pilha de presentes."
Eu me recuso a acreditar que seja sincero. Parece-me mais uma máscara para camuflar emoções. São pessoas com medo de se entregar, por vergonha da sua própria nudez. O que se pensarmos bem é bastante justo.

Há também os mais "durões". Aqueles vizinhos mal educados, que quando lhe oferecemos alguma coisa, ou mesmo, um simples elogio, mostram-se doces e desprotegidos.
Receber bondade, para quem não está a espera, constrange.
E esse constrangimento pode mudar tudo!

Certa vez, li uma história sobre uma nora que queria matar a sogra. A sua sogra era má e intolerante para com ela. Então alguém lhe recomendou um chá que daria fim aos seus problemas.
Dizia que a nora devia dar todos os dias uma xícara de chá à sogra, até que resultassem os seus objetivos. E assim foi. Todas as vezes que começavam a discutir, a nora preparava um cházinho a sua sogra. Até que as tantas, se tornaram amigas. Eram momentos de chá que desencadeavam conversas e assim surgiu uma amizade.
A tal nora aflita foi atrás de quem lhe deu o tal Chá, e queria reverter o efeito do envenenamento provocado pelo chá.
Acabou por descobrir que afinal era apenas um chá de camomila (ou coisa do gênero) que a nora fazia a sua sogra. Como era um "veneno" ela nunca provou e não sabia o gosto.

Entenderam a moral da história né?
Todos os dias ela dava uma chícara de chá, se dedicava alguns segundos, minutos e por fim horas para estar com a sogra.
A sogra amarga foi se constrangendo e se desarmando, até que se tornou uma pessoa grata e amiga. 

A bondade nos constrange, deixa-nos acanhados e por fim, acessíveis ao outro. Um terreno fértil para o amor.



2 3 4 5 6 7

Postagens populares