sábado, 31 de outubro de 2015

Ensinando Limites para a vida.

ensinando limites para a vida.
Todos os dias, Joana, Pedrinho e eu, vamos à um clube com piscina aqui perto de casa. Vem também uma amiga e seus dois filhos, que tem as mesmas idades dos meus.

Há dois dias, enquanto brincávamos , dois pais, vieram com seus bebês com idades entre 1 anos e 1 ano e meio para a piscina.
Antes de entrar na água esvaziaram um saco com mais de 30 brinquedinhos, na piscina.
E começaram a lançar os filhos ao ar. Estavam muito empolgados, falando alto, querendo mostrar que os filhos não usavam boias e mergulhavam a vontade.

Parabéns, muito bom. Ficavam os bebês ali felizes brincando. Que lindo.
Não fosse o que eles estava fazendo connosco.
Ficamos sem um espacinho para nós. Nada! Ocuparam 100% essa piscina onde estávamos.
Como? Nos constrangeram com a falta de limites.
A liberdade de um, termina quando começa a do outro.”
Cada um tem seu espaço no mundo. É bom que nossos filhos saibam que este limite existe, é nossa obrigação ensinar isso.

As tantas estavam, Joana e seu amiguinho, sentados a beira da piscina, com medo de entrar e levar com pés na cabeça, ou com algum brinquedo que os pais jogavam para o alto.

Nada lhe dá o direito de ocupar mais que 1 lugar no mundo. Você é um só.
Ensine isso aos seus filhos, por favor.
Não existe nada mais feio, e pobre - de espirito, educação e respeito -, que gente espaçosa que pensa que o mundo é dela e que os incomodados se retirem.

O mundo é de todos, e cada um no seu espaço.

Não se deve fumar, sem antes perguntar se incomoda alguém.
Não ligamos musica alta se temos vizinhos perto. Não grite!
Quando fazemos isso estamos invadindo o espaço alheio e ensinando aos nossos filhos que isso não é errado.

Limite! Ensine o tamanho do umbigo do seu filho.

Não o deixe monopolizar o balanço ou escorrega do parquinho. 
Todos devemos nos preocupar com o outro.
"Ame ao próximo como a si mesmo"
Não o deixe sentar enquanto uma mulher gravida, idoso ou deficiente está de pé no ônibus.
Não grite com ninguém que está atravessando a faixa de pedestres de vagar. Ou ultrapasse espumando de ódio, um carro que anda mais devagar a sua frente.

Trate os outros como você gostaria de ser tratado, e ensine aos seus filhos, como você quer que eles façam.
O que eles aprendem hoje, vão praticar com você amanhã.


2 3 4 5 6 7

Postagens populares