segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Mudar de país, ser emigrante.Imigrante

Eu sou emigrante, imigrante e migrante. Nunca vivi no mesmo lugar muito tempo, graças a minha mãe Portuguesa.
Sou imigrante desde que nasci, então já me considero uma cidadã do mundo. E ainda estou no 4°País a emigrar.

Emigrar não significa mudar de vida, e nem sempre é um mar de rosas.
Ninguém muda de personalidade e hábitos só porque trocou a localização no mapa.

Porque sair do seu país?


Vantagens:
1-Conhecer uma nova cultura, novas pessoas, ou mesmo uma nova língua.

2-Abrir horizontes. Muda sua mente, e pode ser uma experiência deliciosa.

3-Pode ser uma ótima oportunidade profissional, se você sair da sua terra com contrato de trabalho.
Mesmo que o salário não seja muito vantajoso. Pode ser um ótimo complemento para seu Curriculum,e principalmente para seu desenvolvimento intelectual e por que não emocional.

4-Fora do seu país, você se obriga a ser mais receptivo a novas amizades. E você descobre pessoas muito boas.

5-Se você sai sem emprego em busca de uma "aventura"
É uma pessoa sem grande ambição profissional, e está aberto a propostas como, limpar cozinha, entregar jornal ou mesmo ser pedreiro?
É bem provável que você consiga emprego. Mas lembre-se: Você vai com esta espectativa. Vai ganhar mesmo pouco e trabalhar até 12 horas por dia.  Mas provavelmente será inesquecível.

Isso varia de país, para país... mas é sempre melhor estar a espera do pior. Ou seja, juntar dinheiro hoje em dia é quase um mito.

Nem sempre é tão difícil, mas com certeza, fácil não costuma ser.

Desvantagens:
1-O preconceito é grande.
Dependendo do país para onde vai, você é "O máximo" ou "O lixo".
Raramente você passará desapercebido.
O que nem sempre é bom.
Pode ser parado pela policia, mal atendido em departamemtos públicos,

2-Sentir-se humilhado, mesmo quando não está a ser.
É o que eu chamo de Síndrome da auto-xenofobia. É uma espécie de paranóia, onde todos sabem que você é estrangeiro e você tem cara de desgraçado.
Acreditem, conheço muita gente assim. Esta Síndrome cria uma auto defesa bastante estressante e rouba sua paz.

3-Não é fácil encontrar o lugar ideal/de sonhos para morar. Os aluguéis costumam ser um absurdo e  muitas vezes você precisa andar em muitos transportes.

4-Neve só é lindo por alguns dias. Não é muito prático andar todos os dias a temperaturas abaixo do -10°C.  Ter que ir trabalhar e fazer tudo a pé com neve até o tornozelo.

Acredite, você não é mais esperto, e não é mais inteligente que as pessoas que estão naquele país. E não é inferior, ou menos capaz. Precisa se adaptar.

5-A língua pode ser uma grande barreira comunicativa. Mesmo nos países onde todos sabem falar inglês.

6-Se você tem filhos, pense duas vezes antes de embarcar na aventura. O ideal é mesmo ir com algum emprego e contacto de escolas em vista.

Eu nunca saí sem tudo minimamente planeado. Graças a Internet hoje em dia tudo fica mais próximo.
Sou Brasileira, estudei medicina em Espanha, tenho toda a Família em Portugal, e agora vim viver na Romênia por motivos profissionais do meu marido que é portugês. Foi escolha, e não necessidade.

Gosto muito da Romênia. Mas eu sou uma apaixonada agradecida.
É difícil se ingrata com o país que me acolhe. E esse deve ser o espírito. 
Eu estaria feliz na Sibéria.
Só vá para uma cidade nova, ou país novo, com coração aberto. E seja grato.
O dia em que você deixar de ser grato, só vai ver defeitos e sua estadia vai ser desgraçada. Literalmente Sem Graça!

Aproveito para dizer... Amo ser Brasileira!

Leia também Ingratidão é pecado
2 3 4 5 6 7

Postagens populares