domingo, 29 de novembro de 2015

Gravidez, segura o marido?

Por mais incrível que pareça, ainda muitas mulheres acreditam que sim.
Mas o fato, é que isto está longe de ser verdade.

Não vou nem entrar no assunto, golpe do baú, para casar. Vou falar de relacionamentos normais. Aqueles em que não existem interesses financeiros envolvidos.

O relacionamento do casal, muda completamente. Filhos separam mais do que unem os casais. É cansativo, ocupa 100% do seu tempo... e os miminhos que eram para a mulher e para o marido, vão para o bebê.


Em raras, mesmo muito raras exceções, um bebé une um casal.
Quando o casal já tem uma história juntos, realmente a aventura e o trabalho de cuidar de um bebê, de certa forma até os pode deixar mais cúmplices. Principalmente se o bebê é um plano dos dois.
Mas é um alvo em comum, não um momento romântico para o casal.
É um objectivo conquistado pelo dois. Ou seja, é uma nova forma de viver o relacionamento.

Quando o casal não planeou, e a vida a dois inicia por causa do bebê...
Os dois obviamente são responsáveis pelo bebê.
É o que a lei manda e o que é ideal para a criança. Mas não confunda bom pai e boa mãe, com bom marido e mulher.



Pelo menos durante o primeiro ano do bebê, que é quando tudo é mais cansativo, e as emoções estão a flor da pele, não espere melhoria do relacionamento. Aliás, é uma "sociedade" muitas vezes mal distribuída (na maioria das vezes) e isso causa muito stress.

Se você anda se sentindo sozinha nas tarefas de casa e família em geral, sugiro que leia este outro texto. E pense bastante a respeito. Deixo aqui o link. Cuidando de tudo sozinha

Mas em resumo,
Se seu namoro ou casamento não vai bem, um bebê com certeza não é solução.
2 3 4 5 6 7

Postagens populares