quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Devemos ser submissas?

Eu sou submissa a um homem, que seja meu marido de acordo com os critérios que o Apóstolo Paulo orienta, e também como esta escrito em gênesis.

E como é isso?

Ser submissa ao seu marido, como ensina o Apostolo, é ser cuidada e protegida por seu marido da mesma forma que Jesus amou e cuidou de sua igreja.

Ser submissa é confiar cegamente no seu marido, porque ele é tão confiável como Cristo é.

Ser submissa é aceitar ser protegida e amada. Seu marido sempre vai preferir você, escolher você. Você será sua melhor companhia, você será sua melhor amiga e o maior prazer dele será estar com você.

Ele prefere o seu prazer, como se seu corpo fosse o dele mesmo.

Ele prefere o seu descanso, a sua alegria, a sua felicidade, mais do que a dele mesmo.

Ser submissa é se submeter a certeza de que ele nunca vai lhe trair por que como diz
o Apostolo Paulo, "ninguém aborrece a sua própria carne"  E ser submissa é aceitar seu marido cuidar de você como se você fosse sua própria carne.

Uma mulher submetida a tudo isso, sendo assim protegida, amada e cuidada, deve respeitar seu marido.

Assista o vídeo...


Efésios 5
22 "As mulheres sejam submissas a seus maridos, como ao Senhor,"
23" pois o marido é o chefe da mulher, como Cristo é o chefe da Igreja, seu corpo, da qual ele é o Salvador."
24 "Ora, assim como a Igreja é submissa a Cristo, assim também o sejam em tudo as mulheres a seus maridos."
25" Maridos, amai as vossas mulheres, como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela,
26 para santificá-la, purificando-a pela água do batismo com a palavra,
27 para apresentá-la a si mesmo toda gloriosa, sem mácula, sem ruga, sem qualquer outro defeito semelhante, mas santa e irrepreensível."
28 "Assim os maridos devem amar as suas mulheres, como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo."
29 "Certamente, ninguém jamais aborreceu a sua própria carne; ao contrário, cada qual a alimenta e a trata, como Cristo faz à sua Igreja -
30 porque somos membros de seu corpo.
31 Por isso, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois constituirão uma só carne {Gn 2,24}.
32 Este mistério é grande, quero dizer, com referência a Cristo e à Igreja.
33 Em resumo, o que importa é que cada um de vós ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher respeite o seu marido."

O Senhor Deus me ouve e me respeita. O Senhor me ama e cuida de mim.  Ok. Me submeto ao Senhor Deus.

Leia também Como fazer um relacionamento dar certo?
2 3 4 5 6 7

Postagens populares