segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Meus filhos andam descalços, comem com as mãos e vem televisão.




Uma amiga, com quem convivo diariamente, perguntou: "Como você consegue? A Joana é tão compreensiva..."

Acredito que a resposta seja mesmo esta: Eu a vejo como minha amiga, a melhor amiga que tenho.
Ouço com interesse, quero saber o que ela está dizendo.
Pergunto a opinião, e explico meus argumentos. Ela participa na minha vida, e eu na dela. Sim, eu acredito que minha filha que ainda não tem 4anos, tem uma vida própria, e gosto de respeitar esta individualidade.

Então o que eu preciso para ter filhos bem comportados e compreensivos? Preciso ser bem comportada, não brigar o tempo todo, e ser compreensiva. Só posso exigir deles, aquilo que eu dou. 
Não gasto meu "não" com bobagens, uso com o que realmente não deve ser feito.
E meu lado de mãe compreensiva, não me deixa ver, que comer com as mãos, andar descalço (num chão descente) e ver um pouco de televisão, seja mal. Entre outras tantas coisas que permito, porque sei que é saudável, um pouco de travessuras.

Os pais estão gastando o "não" com coisas sem sentido. Depois se contradizem e dizem sim.

Podemos ceder e dizer sim, mesmo depois de haver dito não? Claro que podemos... mesmo porque queremos que nossos filhos aprendam que na vida nem tudo é preto e branco, e que podemos mudar de opinião. Mas...
Evitem dizer "não" para tudo, e reveja seus conceitos de certo e errado, pare de se contradizer. 
Se nós mesmos duvidamos do no nosso não, como nossos filhos podem acreditar?



 Seja amigo dos seus filhos e pense com eles uma resposta para os pedidos mais absurdos.
Não, ou sim, não precisam ser a resposta de tudo. 


Leia também Eu disse Não!


2 3 4 5 6 7

Postagens populares