segunda-feira, 13 de junho de 2016

A ultrassonografía não bate com minhas contas...



Meu marido está desconfiado porque na ultrassonografia (Ultra) diz que engravidei dia 10, ele estava viajando e voltou dia 20.
Mas eu sei que o filho é dele. Só fiz sexo com ele. E agora?
Qual é o certo? A data provável do parto (DPP) feita pela Ultra (ecografia), ou pela minha ultima menstruação?

Vamos lá botar os pingos nos "i's":
A Ultra (ecografia), aproxima as medidas do seu bebê, e calcula a data do parto usando um banco de dados comparativo. Ou seja:

Seu filho está com Xgramas e Xperimetros = idade gestacional da tabela.
O medico diz que seu bebê tem 14 semanas, mas você tem certeza de que ele tem apenas 12. Porque você sabe o dia em que menstruou e o dia em que fez sexo.

Quer dizer que o medico está errado? Não.

Quer apenas dizer que seu filho tem peso e perímetro de um bebê 2 semanas maior do que os outros de 12 semanas do resto do mundo.

Ele é maior. E por isso, provavelmente vai nascer 2 semanas antes do que a data que você calculou.

A Ultrassonografia não quer saber o dia em que você engravidou. Quer apenas aproximar a data do parto e o desenvolvimento atual do seu bebê. Não serve para saber quando seu filho foi concebido (feito). O pré natal é pela saúde do feto e da mãe. Não é feito para provar nada a ninguém.

Ou seja, seu marido acredita em você por que te ama e você é uma mulher honesta. E se ele estiver muito preocupado, ele que peça um exame de DNA. Mas se fosse comigo, seria o ultimo pedido que me faria como esposa dele.
2 3 4 5 6 7

Postagens populares