quinta-feira, 14 de julho de 2016

Você tem rabo preso?



Ha uns 2 meses meu marido me deu uma maravilhosa câmera fotográfica, daquelas mesmo boas semi profissionais, cheias de lentes e apetrechos...para melhorar meu trabalho aqui no blog. Amei, veio mesmo a tempo. Mas hoje, depois de gravar uns vídeos,deixei a bendita cair.
Me senti que nem criança. Cheia de medo da bronca que ele ia me dar.
"Maquina nova,você não tem cuidado" "olha o que você fez"
Quando era pequena, meu pai me chamava muito de desastrada. Como isso me diminuía. Que medo eu sempre tinha de errar e ser acusada novamente.
E de repente, hoje, com 33 anos, me vi com este mesmo sentimento. Medo.

Voltava para casa e só pensava...tenho que mandar consertar antes que ele descubra... preciso fazer alguma coisa rápido. 
Eu sei que a Joana conta tudo,e isso ia ser a noticia do dia..."mamãe quebrou a maquina nova". Ela não faz por mal, nós combinamos que nunca teríamos segredos em casa.

Meu marido pediu que, antes de eu voltar a casa, viesse ao trabalho dele entregar uns chinelos, para ele ir a academia. 
E lá fui eu, de encontro ao meu medo.

E assim que o encontrei,  " quebrei a câmera!".

O que ele poderia fazer que me deixasse pior do que eu já estava? Já triste por me sentir desajeitada, frustrada por não ter me antecipado à queda. Tudo o que ele dissesse eu já esperava.

ele disse: "que pena, mas acidentes acontecem. Temos que encontrar um lugar que conserte."


Que grande bobagem!!! A vida é um sopro, e dentro do nosso coração guardamos receios tão infantis.
Espero ensinar meus filhos a sempre encarar a vida de frente. Serem cuidadosos, mas que "acidentes acontecem". Ter a cabeça erguida, não esconder ou mentir. Sempre procurar a melhor forma de resolver, ou amenizar as dificuldades que encontrarmos pelo caminho. 
E o mais importante, você não é inútil desastrado ou incapaz.
Você consegue. E se não conseguir... bola para frente, porque a vida continua.



2 3 4 5 6 7

Postagens populares