terça-feira, 30 de agosto de 2016

Meu filho não me respeita, a culpa é de quem?


Respeito não se impõe, conquista-se. Em contrapartida, educação parte de cada um, independente de se respeitar ou não o outro.

Como assim?
Posso e devo exigir que meus filhos sejam educados com todo mundo, mas não posso impor o respeito pelo próximo. Até posso tentar, mas admiração vem de dentro, é individual, e nisso, ninguém manda.

Respeito pressupõe admiração. Interesse, vontade de saber mais,conhecer, querer estar perto.

Se seu filho não lhe respeita, a culpa é toda e apenas sua. Entender isso é muito importante, e admitir seu erro fará toda diferença. Não pode culpar a mais ninguém, isso é fato.

Seja lá o que você tem feito, não está dando certo. E a "tática" certa é simples. Você precisa conquistar seus filhos.

Por mais zangado que você se sinta com a rebeldia, é importante entender que a única "arma" contra a ira, é o amor.

Mas vamos a prática do amor.
Criança precisa de demonstrações de afeto, e isso não significa apenas beijos e abraços. Você precisa conviver de verdade com ele.
Ensinar com carinho, brincar, conversar, OUVIR, e ser paciente.

Ter uma rotina no mínimo de 1 vez por semana de convívio de qualidade. Em um parque, um passeio, construindo alguma coisa, nem que seja montando uma cadeira... mas tenha um momento normal sem autoritarismo, e conquistando aquela criança que alem de seu filho, é uma pessoa.
2 3 4 5 6 7

Postagens populares