segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Muita calma nessa hora!



Minha filha está muito chata. Está em um momento de descobertas existenciais, uma de tantas que já teve e que ainda terá. Mas agora está com momentos de gritos, calma, choro, alegria, irritação.
Cansa muito! É chato mesmo! Beirando o insuportável.

Mas...

Eu sei que é uma fase necessária, ela precisa passar por isso, agora enquanto criança. E eu preciso ensinar o que cada sentimento significa. Ou tentar faze-la entender cada humor.
"Você está gritando, está frustrada né? Não consegue fazer o que precisa. A gola da camisa encolheu foi? Eu entendo, é chato, mas não precisa gritar por isso. Basta me pedir ajuda."

"Está com raiva porque? Está entediada? Te falta alguma coisa para fazer?Assim que eu terminar de lavar a loiça, vamos fazer sua atividade das letrinhas, esta bem? Ajuda a mamãe a fazer rápido. Trás os copos da mesa"

Milhões de motivos e motivos nenhum ela tem o dia todo. É preciso muita paciência. Mas ser educador é assim. São crianças, e ainda estão aprendendo a sentir.
A forma como lidamos com isso agora, será fundamental para o desenvolvimento emocional dela no resto de sua vida.
Muito provavelmente não terá todas as memórias conscientes desta fase. Mas o fundamento vai ficar e será o alicerce para a construção de todo seu futuro.
2 3 4 5 6 7

Postagens populares