Birra no supermercado, versão 'é comigo'.


Pedrokinhas está uma graça... mas... Andamos numa fase do "QUERO!"...
Estávamos agora no supermercado e fomos lanchar, ao lado estavam revistas, e aquelas revistas com brinquedos inúteis. Já estão a ver a cena do espetáculo do dia?
Hora de vir embora, começa já a choramingar em tom crescente dizendo "quééé!!" - ainda não fala - e o gemido/choro/grito/voutematardevergonha cada vez mais alto.
Olhei e disse "Esquecemos alguma coisa TUA ali?", com a cabeça fez que sim... "então vai buscar". Parou meio surpreso, olhou para o brinquedo apontou e voltou a chorar.
"Se não é teu, podemos ir embora".
Na hora ficou meio perdido e eu lhe peguei pela mão, e o choro ganhou a proporção de birra 'vou para o chão'.
Olhei séria/brava "vou agora mesmo falar com as pessoas da loja e perguntar porque tem uma coisa tua ali", novamente, soluçando de tanto sofrimento, consentiu com a cabeça.

Com ele pela mão fomos à senhora que estava parada ao lado. Uma simpática funcionária das limpezas da loja, com quem inclusive já tinha trocado meia dúzia de palavras momentos antes.

"Peço desculpas estar-lhe a incomodar mas, meu filho insiste que aquilo o pertence.
É dele?" Ao que obviamente respondeu que não, também ela estava a assistir o show, e facilmente percebeu o papel dela na dramaturgia.
Pedro constrangido baixou a cabeça - ohhhhhhh que fofinho - e viemos embora.

(No elevador... "Nunca mais faças isso Pedro, nós não trazemos oque não é nosso!" 😛😜 )
The end.

Por Stephanie Matos, Mãe de Família.
#Tea #Azul
2 3 4 5 6 7

Postagens populares

Booking.com