Grupo Mãe de Família SA

sábado, 18 de agosto de 2018

Mãe olha oque ele fez!!!


Um dia de passeio no Parque aquático do Seixal...

Calor intenso em Portugal?

Onda de calor em Lisboa e não tem onde ir??? É verão e não encontra oque fazer com os miúdos??

~

No Seixal, junto à estação fluvial da Transtejo, você tem um divertido parque aquático super adaptado aos mais pequenos. 

Preços Splash Parque aquático Seixal

Preços para crianças (acima dos dois anos) entre os 6 e os 8€ e 9€ e 11Adultos, você passa um refrescante dia em um lugar agradável e cheio de atividades...



Meu Pedrinho que NUNCA quer entrar na água, e pelo seu autismo evita estar perto de outras crianças, até ele estava encantado e participativo. Eu realmente tive uma agradável surpresa com o Splash no Seixal.
Pagamos 1,20€ pelo parque de estacionamento externo, para o dia inteiro. 
As comidas são fast food, por isso se você se preocupa com a alimentação mais saudável e nunca foge à isso, recomendo que leve comida para o piquenique... Podem usar as mesas da zona de refeições, ou mesmo esticar sua toalha numa das zonas verdes...

Reparei que haviam muitos adultos e pessoas com mais de 60 anos que estavam ali de propósito para cuidar do bronzeado enquanto os miúdos brincavam a vontade nas piscinas.... 



Muito seguro, com vários nadadores salvadores, animadores e seguranças. Reparei em um por menor que me impressionou.... estava na piscina com Pedrinho e ouvi uma senhora do staff a chamar outra pelo rádio para uma emergência. Era um pedaço de pão no chão e estava a contatar o pessoal da limpeza.
Em excesso de zelo que me agradou. 

Recomendo... e deixo o link da página no facebook deles aqui.

domingo, 5 de agosto de 2018

Ótimo pai... Ótimo marido?


Existe uma cobrança gigantesca para que a mulher depois de ser mãe, continue a ser atraente, carinhosa e com libido...
Depois do parto alguns esperam que tenhamos um período de adaptação, mas logo somos muito incentivadas à ser a virtuosa que cuida da casa e da família e principalmente, consiga manter o casamento. "Vai se arrumar mulher!"

Mas e o marido?
Que ele mantenha a virilidade e interesse sexual, isso não duvido... mas e aquele carinho, respeito, cuidado e preocupação com a esposa, consegue?

Se o homem cuida dos filhos todos já aplaudem, "Olhem que marido bom, brinca com os filhos e até limpa o bumbum ao mais novo"... Algumas dizem..."sorte a tua, o meu nem isso faz!"

Mas e o resto?? Ele também faz as mesmas "atualizações" de comportamento que tanto exige de sua mulher?

A mulher tem que se adaptar a nova rotina de vida, mas o homem tem que ainda mais se esforçar para ser o marido que protege não apenas as crias, mas principalmente sua noiva.

Um toque não sexual de cuidado, um gesto e palavras amigas... aquele olhar de atenção enquanto exausta ela te conta que o bebê não arrota, então tem gases e assim ela ficou acordada a noite toda, por isso não teve forças para mais nada.

O homem que ampara a parte mais forte da sua casa enquanto está frágil, porque sabe que ela precisa de aconchego, elogio sincero e afeto não condescendente.
A noiva, a amada mulher que, por mais que queira, não consegue ser a que edifica se lhe falta o que a fez construir sua casa: Amor.

Que a mulher precisa se cuidar por ela mesma e pelo seu marido, ok! disto todo mundo fala. Mas e sobre você marido... suprir as necessidades afetivas, emocionais nessa fase em que ela está a precisar do teu abraço e do teu braço?

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Badoca Badocaaaaaa



"Mãe, porque as zebras tem listras?"
"Sei lá eu Joana, pergunta ao guia!!" hahahahaha
E você está aí, desanimada e sem saber oque fazer com seus filhos. Eles estão eletricos dentro de casa e seus nervos já estão no limite... ah como te entendo. Oque fazemos para resolver isso??? Passeamos!!!


E o Badoca foi um dia em grande para nós. Aprendemos, rimos, brincamos e eles ficaram abastecidos de aventuras por um bom tempo.
Aqui pertinho de Lisboa, em Setúbal, no meio de lado nenhum, onde mais seria um safári????
Sim... isso mesmo, um safári em Portugal e ha poucos quilômetros de Lisboa, quem diria?


Daqueles safáris que até alimentar os animais é permitido, e onde podemos perguntar oque quisermos aos guias do safári, ELES RESPONDEM!!!
Os valores rondam os 15 euros por pessoa, mais ou menos, porque tem uns extras para quem quiser se aventurar em uma descida aquática ou alimentar os Lêmures...
Preguiçosa como eu sou, adorei a parte em que ficamos sentados enquanto passeamos no comboio (um Trenzinho bem estilo Savana africana) e vamos visitando os animais que estão, pasmem-se...SOLTOS!!! Ai que medo!!! hahaha
Mas foi super tranquilo e sem riscos, nem o Pedrinho com 3 anos ficou assustado... Foi mesmo um passeio único.
Lá havia espaço para fazer picnic, e podíamos deixar a comida no carro para depois pegar sem problemas, ou andar com o farnel (a farofada) às costas.
Há também um restaurante com preços normais, o menu está na pagina do badoca.com ... não comemos lá, mas todos os comentários que vi na internet eram positivos. Por isso...deve valer apena a experiencia.

Ah... e eles tem um super parquinho para os que ainda tiverem energia...
Pretendemos voltar, mas da próxima vez, para passar o dia inteiro. Desta vez estivemos apenas uma tarde e eles voltaram para casa com aquela vontade de ficar mais.

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Gravida e com filhos pequenos, e agora??


Na primeira gravidez, se está por casa e vem o sono oque você faz? Dorme! Se está desanimada e não quer cozinhar, come um pão e pronto, o que estiver mais rápido já está bom. 
Mas e quando temos filhos em casa, como é??

Hoje particularmente estou em um dia mais off, quero estar quietinha, me encostar e não sair do lugar. Queria não ter que abrir a boca nem para falar. Queria não ter que cozinhar, lavar, limpar o bumbum de ninguém. Ir ao supermercado então??? Socorro!! Quero paz e sossego! Mas e as crianças?

Nessas horas é que colocamo-nos realmente à prova. 
Respirar fundo e continuar com o sorriso que eles precisam do teu rosto. 

Joana prendeu o braço subindo a arvore, gritava aflita, no parquinho. Pedro pedia colo... ela também pediu colo. Está sol, verão... e lá estávamos com trotinete, bicicleta e os dois querendo mãe. 
Sentei, dei os colos que precisavam... ouvi as senhorinhas a dizer que eu não podia pega-los estando grávida, que devia por água fria no braço da Juju que estava um pouco magoado pela arvore. Que isso e aquilo e aquilo outro...

No caminho compramos os curativos, apenas para ela se acalmar... e voltamos rindo para casa. 

Deixei de querer estar quietinha no meu canto hoje? Continuo querendo... mas fazer oque? são horas do jantar e se eu não cozinho, ninguém come. 

Minhas escolhas, minhas consequências. Não há tempo para o relax e aulas de yôga da gravida. Apenas uma mãe que vai ser mãe mais uma vez e que tenta todos os dias segurar o universo com a barriga e as mãos. 

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Dieta na gravidez, SIM!


Estar gravida é comer por dois, e algumas vezes por 3, 4... e oque significa isso?
Quando nós somos a fonte alimentar direta de um ser vivo além de nós, vivemos uma entrega total que não deve ser ignorada. Não existem pausas para "porcarias" ou "dia do lixo". O bebé está ali 24 por 24h por todo período gestacional e isso não é uma opção.
Teu corpo é um templo sagrado onde habita um espírito e um corpo santo... oque você tem feito quanto à isso?
Há quem pense que comer saudável é mais caro e trabalhoso.

Quem me segue há mais tempo, sabe que eu sou uma negação na cozinha. Não fui treinada para ter ninguém á meu cargo, vivo sozinha desde os 16 anos e fui mãe pela primeira vez aos 29. Mas, sempre segui meu instinto natural de sobrevivência. Errei, acertei... e assim fui aprendendo. E com essas práticas de aprendizado sem professor, descobri como comer bem sem gastar muito.

Frutas e verduras, carnes e peixes... alguma massa.

Não sigo nenhuma dieta específica, não eliminei farinhas da minha alimentação... já fiz por breves períodos, mas minha rotina é ingerir o mais colorido possível.

No café da manhã, tomate triturado com azeite e vinagre de sidra e sim, como pão!!! Joana e Pedrinho adoram.. não demoro literalmente nem 1 minuto a fazer.
2 tomates em rama, normalmente escolho estes porque aqui em Portugal fizeram um estudo e identificaram que são os que tem menos microrganismos.. menos E.Coli. 2 tomates grandes é o suficiente para todos aqui e adiciono uma colher de sopa de vinagre de sidra e sal à gosto. (se gostar pode acrescentar salsa, coentros ou oregãos...)

A meio da manhã laranja, ou maça verde... as vezes um pêssego ou nectarina. Depende do que tenho por casa.

Almoço, como tranquilamente bife de porco bem assado ou frito, de vaca ou frango. Ou filé de pescado, não gosto de salmão assado, apenas cru... então na gravidez evito. Bacalhau ou o peixe que estiver na promoção. Eu olho o preço!!! Acompanho com arroz branco, ou seja, sem molhos e misturas.  Gostamos de cenouras raladas e beterraba. Juju e Pedrinho ADORAM beterraba geladinha temperada apenas com sal.


Lanche da tarde comemos pipoca feita sem óleo, ou comemos frutas... PÃO apenas no pequeno almoço (café da manhã).Assim como café, tomo 1 por dia e as vezes em alguma visita me permito mais 1.


Tomo chá o dia todo!!! Adoro chá de camomila, cidreira, melissa... chá chá chá... e tomo chimarrão... Herança dos anos que vivi no Rio Grande do Sul.
Jantar... Sopa ou apenas frutas, e para as crianças ainda ofereço as sobras do almoço. Eu dispenso porque fico logo com o estomago muito cheio.  



Gosto de fazer sopa de legumes triturados e depois acrescento espinafre ou agrião... às vezes couve bem fininha.

Como doces? Muito raramente. Tenho um lema... se é para comer tem que ser mesmo muito bom. Ontem comi um gelado (sorvete) da Santini, um de chocolate e valeu a pena as calorias extra... 

Não bebo leite, não como oque não gosto e em tudo penso, meu santo bebé vai receber bem essa oferta?

Bom senso para dar o exemplo aos meus filhos que me observam comer e para alimentar o bebé que depende de minha boca para se nutrir.


Estou com 21 semanas de gestação, meu terceiro filho, tenho 1.73m de altura e neste momento peso 63.5kg. São 3 quilos e meio amais desde que engravidei.


sexta-feira, 20 de julho de 2018

Cada um no seu quadrado...


Um princípio fundamental de qualquer pessoa bem educada é o limite. Saber onde termina o seu espaço e começa o do outro.
Comer de boca fechada é sobre respeitar quem está à mesa. Não lhes obrigamos a presenciar nossa mastigação.
Som baixo dentro de casa para que não incomode os vizinhos ou mesmo alguém no quarto ao lado.
Carro bem estacionado para caberem vários no mesmo lugar e não incomodar o transito.
Não deitar o lixo fora dos recipientes adequados.
Usar linguagem gentil e em tom ameno para não ferir a percepção de quem nos ouve.
Tudo é sobre saber o limite. Onde termina o que é seu e começa o que é do outro.
Por isso eu repito várias vezes aos meus filhos, a opinião dos outros importa muito. Se não gostar da minha atitude eu irei avaliar seu ponto de vista e sim eu alterarei meu comportamento se estiver a ser um invasor do espaço alheio.
Mas o meu espaço ninguém invade. Dou o exemplo a todos. Obviamente eu erro... mas me permito aprender os limites sempre que for preciso, sem me limitar a mim mesma... meu limite é seu espaço, mas o meu espaço sou eu quem conquisto... aos poucos, com respeito e prudencia.

Postagens populares