quinta-feira, 26 de maio de 2016

Ensinar meu filho a ser feliz?


Andamos em um terrorismo psicológico em busca da felicidade.
Passear, estar nas festas...ter amigos e rir alto.
Impondo que quem não é visto não é notado e quem não é notado é o desgraçado.

O problema é que como vivemos, educamos nosso filhos.

Ensinam que eles tem que ter muitos amiguinhos, que sair é que é divertido, e que sempre temos que fazer alguma coisa espetacular e diferente para o dia ser bom.
Que comer fora é mais divertido que em casa, que ficar em um hotel é melhor... que tantas coisas.

Em resumo... estamos impondo uma obrigação de ser feliz. Confundindo empolgação, euforia pela novidade, com felicidade.
Brinquedos caros e pompósos, sendo mais valorizados que a boa e velha amarelinha(macaca).

É claro que podemos fazer tudo e mais alguma coisa... dar aos nossos filhos tudo que pudermos e quisermos. Mas TEMOS que valorizar todos os momentos.
Já escrevi um texto sobre isso... não fazer nada faz bem.

Aproveite os momentos de tédio, as brincadeiras sem brinquedos, os momentos em casa. Seja grato por esse momento e ensine esta gratidão. Se ser feliz pode ser ensinado, essa é a lição que quero que meus filhos aprendam. Ser grato por tudo é o que nos faz feliz.
2 3 4 5 6 7

Postagens populares