Grupo Mãe de Família SA

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

"Eu paguei, também sou prioridade!"

Sim, eu sei...eu sei que gravidez não é doença...
Velhice também não é doença, paraplegia também não é doença. Mas causam desconfortos e podem desencadear com mais facilidade outros problemas maiores.

A senhora que vai de pé no transporte publico está sujeita a quedas, e essa queda em condições isoladas apenas doem. Em uma gestante pode ser a precursora de uma má formação fetal gravíssima ou mesmo morte do bebé.
Naquele senhor idoso pode ser a perda da independência. Caem e partem muito mais facilmente ossos ou tornam-se inseguros e ansiosos com medo de sair a rua com o constante receio de uma queda.

Você vê aquela vaga no supermercado destinada a família com filhos e pensa..."mas são prioridade porque?" E eu com minhas 3 crianças no carro e ainda um bebé na barriga penso... "Senhor Deus, como dou a mão a todos nesse parque de estacionamento onde os carros andam em velocidade e podem matar meus pequenos em uma fração de segundos?"

E no banco? E na tal fila do caixa de compras? E naquela única vaga desocupada à porta do hospital? Não somos todos importantes e sujeitos a acidentes?

"Avalie-se o homem a si mesmo" já dizia o apostolo São Paulo na carta aos Corintios em que ensina a comungar. Falava sobre comunhão, cuidado com o próximo e partilhar o que temos de bom. Em resumo, uma carta inteira sobre prioridades e o nossos direitos onde ele resume tudo com a conhecida frase... "sem amor, de nada se aproveita". Direitos e mais direitos... esse seu direito a sentar porque também pagou, sem amor, vale a pena?

2 3 4 5 6 7

Postagens populares