Fazendo caras e bocas sim...

Com fraldinha de pano do terceiro filho ao colo, babador verde, saco com bolachas, água e sei lá mais oque tem por aqui.
Apoiada no carrinho de bebé, no parquinho das crianças e cheia de mães à volta reclamando da exaustão que seus filhos lhes causa.
Caras e bocas sim, com uma pilha de roupas que desisti de passar hoje, primeiro eles. Compras por fazer e compromissos adiados.
Caras e bocas por eles, por mim. Bela e em paz em meio ao que insistem em chamar de caos. Caos? Filhos? Nunca... Caos é não os ter.
Caras e bocas de respeito por mim e uma pitada de "tô nem aí" com um misto de "beijinho no ombro" para toda dificuldade.
E rio-me do dia futuro. (Pv. 31.25)
2 3 4 5 6 7

Postagens populares

Booking.com